Saúde e bem estar

Como escolher um médico ortopedista? Saiba aqui!

medico ortopedista
IMOT BH
Escrito por IMOT BH

Na Medicina, o campo de estudo é muito amplo, sendo subdividido em várias especialidades. A Ortopedia é o ramo da área de saúde que cuida de todo o aparelho locomotor, ou seja, dos ossos, músculos, articulações e ligamentos. Desse modo, o médico ortopedista trata as doenças, deformações e alterações nesse sistema do corpo.

Escolher um especialista no assunto é fundamental para que os problemas de saúde tenham uma solução mais rápida e eficaz. Além disso, também é preciso que esse profissional crie uma boa ligação entre médico e paciente a fim de tornar o tratamento mais agradável.

Sendo assim, separamos, neste post, quais são os principais tópicos que devem ser observados na hora de escolher um médico ortopedista. Acompanhe!

Busque por indicações

O primeiro passo para escolher um médico ortopedista é levantar possíveis especialistas para a consulta. Como há diversos profissionais nessa especialidade, a busca pode ser um pouco longa. É por esse motivo que pedir indicações é uma boa forma de estreitar a lista com opções de médicos.

Para isso, pode-se pedir a opinião de amigos, dos parentes e de conhecidos. Além disso, é possível pedir uma indicação para médicos de confiança da família, afinal, eles saberão informar nomes de ortopedistas éticos e que apresentam qualidade técnica.

Por fim, lembre-se de que as boas recomendações quanto ao atendimento e o próprio médico são mais relevantes do que o nome de uma clínica ou hospital em específico.

Escolha um médico ortopedista qualificado

O nome do médico especialista deve constar em duas listas de referência na área médica. A primeira é feita pelo Conselho Regional de Medicina (CRM), que regula todos os médicos formados no Brasil. A segunda é da associação ou sociedade brasileira da especialidade, nesse caso, de Ortopedia.

Checar essas informações é importante porque há profissionais no mercado que ostentam um título que não têm, apesar de serem muito bem recomendados. Esses dados podem ser conferidos facilmente pela Internet nos sites referentes a cada instituição. Também é possível acessar o currículo, em que constam os demais títulos, cursos e experiências.

Esse passo também é fundamental, visto que apenas os títulos não definem a qualidade técnica de um médico. As experiências e o aprimoramento de quem trabalha na área há um tempo maior são pontos cruciais para diagnosticar problemas difíceis e tratá-los.

Como toda área da Medicina, a Ortopedia está em constante mudança e evolução, visto que novidades sobre técnicas, cirurgias e próteses surgem a todo momento. Sendo assim, é interessante que o profissional escolhido continue estudando para estar sempre atualizado.

No entanto, lembre-se de que ter uma boa formação não define como será o atendimento médico. Isso porque a pessoa também precisa estabelecer uma relação de confiança com o paciente, o que só é possível com atenção, educação, paciência e humildade.

Se informe sobre a reputação do especialista

A boa relação que um médico estabelece com os seus pacientes é, sem dúvidas, o que faz a diferença na consulta e no processo de tratamento. Quando o especialista tem status de paciente, é educado e simpático, atrai mais pessoas para o seu atendimento e, ainda, perpetua opiniões agradáveis ao seu respeito.

Sendo assim, deve-se procurar saber informações sobre a reputação do especialista. A experiência em relação ao atendimento é muito particular, mas se houverem mais pontos negativos do que positivos, deve-se tomar cuidado. As opiniões de quem trabalha ao entorno do médico, como secretárias, recepcionistas e pessoal da limpeza, também são válidas para analisar esse ponto, assim como a de outros profissionais da área de saúde.

Esse passo é importante porque a pessoa que está doente ou com algum problema de saúde está fragilizada e preocupada, e precisa que alguém gentil a ajude a resolver as adversidades. Sendo assim, a relação entre médico e paciente é fundamental.

Para isso, é preciso que o ortopedista explique, em termos leigos e com paciência, quais serão os procedimentos e manobras realizados durante a consulta e o que está acontecendo com o corpo do paciente. Além disso, a pessoa precisa ver seu médico como um indivíduo que merece a sua total confiança, criando um elo de empatia e entrega.

Do contrário, é provável que as recomendações não sejam seguidas e que os exames pedidos não sejam feitos com total dedicação, o que impossibilita um tratamento efetivo. Se a boa relação não for criada, é recomendado que o paciente procure outro especialista, que conduzirá o quadro de uma forma que agrade a pessoa e a deixe confiante.

Por fim, evite profissionais conhecidos por práticas duvidosas ou enganosas, resultados que não deram certo ou que ofereçam meios ilícitos para realização de cirurgias.

Verifique a disponibilidade

Há profissionais excelentes no mercado, com ótima reputação e muito bem recomendados que, infelizmente, não têm vagas na agenda ou só podem atender o paciente em intervalos muito grandes. Em alguns casos, a pouca disponibilidade não é suficiente para atender à demanda do problema de saúde da pessoa, o que pode provocar atrasos no diagnóstico e no tratamento.

Caso a consulta com o profissional escolhido esteja muito longe, é recomendado procurar outra opção, visto que não adianta se consultar meses após uma doença já ter se instalado.

Procure por diferentes opiniões

A Medicina não é uma ciência exata, sendo que é possível realizar um tratamento efetivo de diferentes formas. Desse modo, é comum encontrar especialistas com opiniões diversas sobre o mesmo quadro. É o caso, por exemplo, de uma pessoa com problemas no joelho que procura dois médicos ortopedistas. Um acredita que somente uma cirurgia pode resolver o caso e o outro indica sessões de fisioterapia.

Afinal, há vários caminhos para uma mesma solução. É por esse motivo que o paciente deve seguir o tratamento com o médico ortopedista que lhe transmitiu maior confiança e credibilidade. Além disso, ele também deve tirar todas as dúvidas sobre o quadro e os procedimentos propostos, visto que somente dessa forma é possível escolher o melhor especialista para o caso.

Cuidar da saúde da família e da própria é imprescindível e não deve ser adiado. Se há algum problema ortopédico, como doenças nos joelhos, cotovelos ou nos ombros, procure a IMOT. A clínica conta com 10 médicos ortopedistas que atuam em especialidades diferentes para resolver o seu problema!

Sobre o autor

IMOT BH

IMOT BH

Deixar comentário.

Share This