Saúde e bem estar

Conheça os malefícios do sedentarismo para a saúde

sedentário
Powered by Rock Convert

Passar o dia inteiro encostado no sofá pode parecer confortável, mas tem efeitos bastante graves para a saúde. Você provavelmente já ouviu falar em sedentarismo, mas o recado precisa ser passado com mais urgência.

Segundo números do Ministério do Esporte, aproximadamente 46% da população brasileira é sedentária. O estudo também revelou que mais da metade das pessoas que praticam alguma atividade física são mulheres.

Dessa forma, fica claro o motivo para o sedentarismo ser considerado um problema de saúde pública. Entre as suas consequências está o surgimento de doenças como diabetes e hipertensão, perda de força física e atrofia muscular.

Neste artigo, você saberá mais a respeito de sedentarismo, suas principais características e os problemas que podem causar na sua vida. Confira!

O que é o sedentarismo?

Muito se fala sobre sedentarismo, mas você sabe exatamente o que o termo significa? Ele se refere a não ter o hábito de realizar atividades físicas, ou fazê-las com pouca frequência. Isso faz com que o gasto calórico seja reduzido.

Em geral, considera-se que o mínimo de calorias que deve ser gasto por semana em atividades físicas é de 2.200. Ou seja, quem está abaixo desse índice pode ser considerado sedentário. Isso dá um pouco mais de 300 calorias por dia.

Dessa forma, a única forma de combater o sedentarismo é queimando essas calorias de forma regular. A prática de atividade física se mostra como a melhor alternativa para isso, além de trazer outros benefícios para a saúde.

Quais os principais malefícios causados pelo sedentarismo?

Você provavelmente já sabe que o sedentarismo é algo bastante ruim, mas tem ideia exata de todas as consequências que esse problema pode trazer para a sua saúde? Ter uma boa qualidade de vida significa manter hábitos nocivos bem longe. O sedentarismo pode causar impactos significativos e, em alguns casos, irreversíveis.

Veja a seguir quais os maiores malefícios que o sedentarismo pode trazer:

Obesidade

Nos últimos 10 anos, a obesidade no Brasil aumentou em 60%. Trata-se de um problema capaz de ocasionar doenças como diabetes e hipertensão, podendo até causar a morte. As informações são do Ministério da Saúde.

A obesidade é uma das consequências mais lembradas do sedentarismo. A atividade física regular realiza o trabalho de queimar as calorias adquiridas. Apesar disso, é importante lembrar que o problema também deve ser resolvido com uma alimentação mais saudável.

Atrofia muscular

Se os músculos não são estimulados regularmente, eles podem atrofiar. Caso o sedentarismo seja prevalente ao longo da vida, ficará cada vez mais difícil reverter esse quadro.

Em geral, é possível perceber sinais da atrofia muscular ao notar fraqueza em determinados membros ou a incapacidade de se mover normalmente.

Surgimento de doenças

O sedentarismo está associado à diminuição da capacidade do corpo em combater doenças. Faz muito bem à imunidade realizar alguma atividade física regularmente.

Além disso, o sedentarismo aumenta as chances do desenvolvimento de doenças cardiovasculares, como AVC, infarto e diabetes tipo 2.

Enfraquecimento dos ossos

A atividade física também é necessária para fortalecer os ossos. Portanto, um dos efeitos do sedentarismo é que eles ficam enfraquecidos, podendo até quebrar com mais facilidade.

É importante lembrar que o envelhecimento causa naturalmente um impacto na saúde dos ossos. Ou seja, o efeito combinado disso com o sedentarismo pode ser bastante negativo.

Como se livrar do sedentarismo?

Falamos muito sobre como a atividade física é o caminho para deixar o sedentarismo de lado. No entanto, é possível se aprofundar mais nisso e conhecer algumas formas bastante eficazes de manter o problema longe.

Lembre-se de que quaisquer mudanças de hábito como essas só devem ser feitas com a aprovação do seu médico, que deve ser consultado antes.

Veja a seguir as principais atividades que ajudam a eliminar o sedentarismo:

Pratique um esporte

Se ir à academia regularmente não é algo tão interessante para você, não tem problema. A prática de um esporte pode ser a forma ideal de combater o sedentarismo, já que traz uma série de benefícios únicos.

Afinal, o esporte instiga a competitividade e a interação. É algo que mexe com a motivação, além de dar aquela sensação de felicidade ao passar o tempo exercendo uma atividade que você gosta.

Faça uma caminhada

Andar faz bem à saúde e pode ser muito eficaz contra o sedentarismo. Além disso, ajuda na postura, diminui a ansiedade e o estresse, melhora a circulação sanguínea e reduz o inchaço das pernas. No entanto, lembre-se: não basta apenas dar uma volta no quarteirão.

Para tornar a sua caminhada mais produtiva e proveitosa, considere transformá-la em um passeio. Escolha áreas da sua cidade que você goste e define-as como seus pontos fixos de caminhada.

Pegue as escadas

Ir de elevador é mais rápido e mais cômodo, claro. Só que se a ideia é diminuir o sedentarismo, vale a pena considerar pegar as escadas de vez em quando. Trata-se de um exercício bastante completo que pode ajudar você a queimar as calorias necessárias.

O exercício fortalece os músculos das coxas e glúteos, ajuda na circulação sanguínea e diminui as chances de trombose e osteoporose. Considere pegar as escadas da próxima vez que tiver oportunidade e faça disso um hábito.

Dance

Se nem ir à academia nem praticar um esporte são atividades que agradam você, é possível aproveitar os benefícios de uma aula de dança. Qual ritmo você prefere? Procure por alguma escola que o tenha e faça a sua matrícula.

A dança tem o potencial de ser um exercício bem completo, já que trabalha todo o corpo. Trata-se de uma ótima forma de abrir mão do sedentarismo.

Agora que você já conhece os principais malefícios que o sedentarismo pode trazer e sabe quais são os caminhos a seguir para se livrar desse problema, está na hora de começar. Não pense em como o dia a dia está corrido e atividade física é difícil de encaixar na rotina. Sempre dá para arrumar um tempo para uma caminhada ou uma aula de dança. Avalie as possibilidades e tome a sua decisão, já que é para o bem da sua saúde.

Ficou com alguma dúvida sobre como se livrar do sedentarismo? Deixe a sua pergunta!

Sobre o autor

DR. EDUARDO LOUZADA DA COSTA

DR. EDUARDO LOUZADA DA COSTA

CRM - MG 46.264

Graduação em Medicina na Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), Residência Médica em Ortopedia e Traumatologia na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Especialização e pós graduação em Cirurgia do Joelho (FELUMA), Mestrado em Cirurgia na Faculdade de Medicina da UFMG, Fellow em Sports Medicine na Stanford University (California - USA), Coordenador do serviço de Cirurgia do Joelho do Hospital da Unimed - BH. Preceptor da Residência Médica do Hospital da Unimed - BH.

Share This
× Gostaria de agendar uma consulta?