Ombro e cotovelo

Você sabe o que é a tendinite calcária? Descubra!

A tendinite calcária é uma doença caracterizada pelo acúmulo de cálcio no interior do tendão do ombro.
Powered by Rock Convert

A tendinite calcária é uma doença caracterizada pelo acúmulo de cálcio no interior do tendão do ombro. Atinge, principalmente, mulheres entre 30 e 60 anos, mas também pode acometer os homens e outras faixas etárias. Provoca dor intensa, inflamação e ainda contribui para o aparecimento do ombro congelado, limitando os movimentos da região.

Sabendo da incidência dessa doença em adultos, preparamos um post com as principais informações sobre ela, para que você possa identificar os sintomas e saber a hora certa de procurar ajuda médica. Quer saber mais? Então, continue a leitura e confira!

Quais são os sintomas da tendinite calcária?

O principal sintoma da tendinite calcária é a dor no ombro. Inicialmente, esse incômodo pode ser imperceptível ou aparecer de forma leve, que só é sentida no período noturno e ao levantar o braço acima da cabeça.


Agende a sua consulta!Contudo, futuramente, pode se tornar mais intenso e aparecer de maneira súbita, devido à fase de reabsorção do cálcio. Nesse caso, os sinais apresentados podem ser semelhantes ao da síndrome do ombro congelado: além da dor, alguns pacientes relatam rigidez da articulação e dificuldade em realizar certas atividades, como carregar peso.

Quais são as suas principais causas?

Na maioria das situações, a doença não está relacionada à ingestão ou suplementação de cálcio na dieta, bem como quedas e acidentes. Acredita-se que ela seja causada por outros fatores que despertam o processo de calcificação natural nos tendões, como:

  • processos degenerativos do local;
  • menor vascularização regional;
  • inflamações, como a tendinite convencional;
  • uso excessivo da articulação.

Apesar de a tendinite calcária ocorrer em ambos os sexos, a incidência nas mulheres é maior, principalmente na faixa dos 30 aos 60 anos. Atletas e profissionais que exigem muito da articulação também têm uma maior predisposição ao desenvolvimento da síndrome.

Como ela é diagnosticada?

Ao surgimento dos primeiros sinais, o paciente deverá se dirigir a um médico ortopedista especialista em ombros. Depois, o diagnóstico deverá ser feito com base no seu histórico clínico juntamente com o relato dos sintomas.

Para a confirmação do quadro de tendinite calcária, o médico poderá solicitar a realização de uma radiografia de ombro, na qual é possível identificar a presença da calcificação. A ultrassonografia e a ressonância magnética também podem ser solicitadas para se ter um conhecimento mais exato da localização dos depósitos, além de identificar a existência de eventuais lesões associadas.

Como ela pode ser tratada?

Veja, a seguir, quais são os principais tratamentos para a tendinite calcária.

Medicação

A doença deve ser inicialmente tratada de maneira conservadora, por meio de analgésicos, anti-inflamatórios e injeções de esteroides locais ou sistêmicas (infiltrações), que podem ser muito úteis para aliviar a dor e a inflamação do ombro.

Fisioterapia

Para o alívio completo dos sintomas, o médico também poderá indicar algumas sessões de fisioterapia para reduzir a tensão dos músculos e melhorar a mobilidade do tendão afetado. Os exercícios devem ser executados de forma leve, sempre utilizando a dor como parâmetro.

Barbotagem

Outro procedimento que pode ser feito para o alívio da dor é a barbotagem, que consiste na introdução de uma agulha guiada por ultrassonografia no local afetado e anestesiado previamente. Nela, é feita uma lavagem com soro fisiológico, seguida de uma punção da calcificação.

Cirurgia

A cirurgia só é indicada quando não houver melhora com as outras opções de tratamentos ou não ocorrer a reabsorção da calcificação. Ela tem como finalidade a retirada dos depósitos de cálcio por meio de uma incisão no tendão ou, até mesmo, pela cirurgia convencional aberta, eliminando o problema e melhorando a qualidade de vida do paciente.

É importante lembrar que a prevenção e o tratamento precoce ajudam a prevenir todos os incômodos da tendinite calcária. Portanto, se você sentir algum tipo de dor na região, que limite os seus movimentos ou se agrave ao levantar os braços acima da cabeça, procure um médico ortopedista para iniciar os devidos cuidados e livrar-se desse problema o mais rápido possível.

E aí, gostou de conhecer as principais informações sobre a tendinite calcária? Quer saber como prevenir a LER e proteger o seu bem-estar físico? Então, leia agora mesmo o artigo “Lesão por esforço repetitivo: saiba como prevenir ou tratá-la”!

Agende a sua consulta!

Sobre o autor

DR. THALLES LEANDRO ABREU MACHADO

DR. THALLES LEANDRO ABREU MACHADO

CRMMG 45.610

Graduado em Medicina pela Universidade Severino Sombra (2007), Residência em Ortopedia e Traumatologia pelo Hospital Madre Teresa (2011), Especialização em Cirurgia do Ombro e Cotovelo pelo Hospital Madre Teresa (2012). Membro da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia (2012), Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia do Ombro e Cotovelo (2013). Membro da Academia Americana de Ortopedia (2016). Cirurgião do Ombro e Cotovelo dos Hospitais Vila da Serra, Unimed BH Contorno, Ipsemg. Preceptor das residências médicas dos Hospitais Unimed BH e Ipsemg. Mestrando em Cirurgia na UFMG (2018).

Share This
× Gostaria de agendar uma consulta?