Joelho

Entendas as diferenças entre entorse, luxação, contusão e fratura

luxaçao entorse contusão fratura
Powered by Rock Convert

Qualquer lesão costuma ser incômoda, sobretudo se a gente não entender ao certo o que aconteceu com aquela parte do nosso corpo. Obviamente, apenas um médico tem os conhecimentos necessários para fazer um diagnóstico, mas entender as diferenças entre entorse, luxação, contusão e fratura pode ser muito interessante.

Essas situações são relativamente corriqueiras ao longo da vida, especialmente para pessoas que são adeptas de atividades físicas, que são expostas a condições de perigo ou que apresentam algum fator de risco, como fragilidades congênitas ou idade muito avançada. Confira abaixo o conteúdo que escrevemos sobre o tema!

Entorse

A entorse é um tipo de lesão que ocorre quando torcemos uma articulação. Esse tipo de situação é muito comum no futebol, saltos ou esportes de contato. Sempre há uma lesão de ligamentos associado ao entorse. Essa lesão pode ser desde uma lesão muito simples até uma ruptura completa do ligamento. 

O tratamento depende da gravidade do trauma e de avaliação dos danos, mas na fase aguda, habitualmente, é usado o protocolo P.R.I.C.E., que é um recurso mnemônico para proteção, repouso, gelo, compressão e elevação. Normalmente, se não houver a ruptura de nenhuma estrutura, a inflamação e a dor devem se dissipar em algumas semanas.

Luxação

A luxação é uma lesão na qual ocorre um deslocamento repentino, que pode ser parcial ou completo, entre as extremidades dos ossos que compõem uma articulação, havendo uma perda permanente de congruência articular. Isso quer dizer que um osso se separa do outro e, dessa forma, os pontos de contato entre eles são afastados.

Powered by Rock Convert

Esse é um tipo de situação que, além de muita dor, pode provocar lesões nas estruturas adjacentes, como os tendões, ligamentos e até mesmo vasos sanguíneos. Os locais mais acometidos são tornozelos, joelhos, ombros e dedos, sendo a conduta individualizada, incluindo o reposicionamento manual, imobilização ou até cirurgias.

Contusão

Contusão é simplesmente o nome dado a quando uma pessoa sofre um pancada e não lesiona nenhuma estrutura importante, machucando apenas partes moles. Entre os sintomas mais comuns desse tipo de lesão estão calor no local, aumento de volume e dor, mas sem muita gravidade. Assim que a dor melhora, é possível retornar às atividades.

Fratura

A fratura, em uma linguagem coloquial, é quando ocorre a quebra do osso, havendo a perda propriamente dita da continuidade óssea. A mais habitual e simples é a fratura estável, que é quando as pontas quebradas ainda estão alinhadas, mas o fato é que existem muitas outras modalidades potencialmente mais graves desse tipo de lesão.

A fratura exposta oferece grande risco de infecção, pois é quando o osso quebrado perfura a pele e se projeta para o meio externo. Existe também a fratura por estresse, que é causada por pequenos traumas de repetição e a fratura  cominutiva, que é quando o osso quebra em mais de três pedaços.

Como você viu, as diferenças entre entorse, luxação, contusão e fratura são bem relevantes e cada uma dessas lesões demanda uma conduta e um tratamento diferente.

Gostou de aprender mais sobre as diferenças entre entorse, luxação, contusão e fratura? Então confira também nosso outro artigo com as melhores atividades para fortalecer o joelho!

Sobre o autor

DR. EDUARDO LOUZADA DA COSTA

DR. EDUARDO LOUZADA DA COSTA

CRM - MG 46.264

Graduação em Medicina na Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), Residência Médica em Ortopedia e Traumatologia na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Especialização e pós graduação em Cirurgia do Joelho (FELUMA), Mestrado em Cirurgia na Faculdade de Medicina da UFMG, Fellow em Sports Medicine na Stanford University (California - USA), Coordenador do serviço de Cirurgia do Joelho do Hospital da Unimed - BH. Preceptor da Residência Médica do Hospital da Unimed - BH.

Share This
× Gostaria de agendar uma consulta?